Programa Pais Participantes

acompanhante_hclpm_001 Prezados Pais:

A presença da mãe ou pai diminui a ansiedade da criança e com certeza a recuperação de sua saúde será mais rápida.

O Hospital das Clínicas Luzia de Pinho Melo possibilita a permanência de um acompanhante para crianças internadas, menores de 18 anos de idade.

Leia as orientações ao lado, e se tiver dúvidas, teremos o prazer em esclarecê-las.

 

Instruções aos Pais

1 – A Unidade de Pediatria permite a permanência da mãe ou pai (somente uma pessoa) durante 24 horas, acompanhando a criança.

2 – Cada criança internada está com uma doença específica, e muitas vezes não possui defesas eficazes contra infecção. Portanto, todos devem LAVAR AS MÃOS antes de entrar na Unidade, antes e depois de cuidar do seu filho e após o uso do banheiro. Encontrará pia com água, sabão líquido e papel toalha em cada corredor e nos banheiros.

3 – Não cuide de outra criança, a não ser o (a) seu (sua) filho (a). Se necessário, chame a equipe de enfermagem quando a criança ao lado estiver desacompanhada.

4 – Converse conosco para obter informações sobre seu (sua) filho(a) ou o tratamento que está sendo realizado. Suas observações sobre a criança são muito importantes. Ao notar alguma mudança nela, ou se algo os preocupa, fale ao Enfermeiro ou ao Médico, pois sempre será ouvido.

5 – Caso esteja com alguma doença que a criança possa contrair, como diarréia, resfriado com dor de garganta, ferida nos lábios, secreção nasal, sarampo, caxumba, ou outras moléstias infecciosas. Não venha ao Hospital visitar seu (sua) filho (a) na Pediatria, pois não só ele (a) como outras crianças internadas na Unidade poderão contraí-las. Em caso de dúvida pergunte ao Enfermeiro ou Médico e reiniciem as visitas logo que possível.

6 – A mãe ou pai participante deverá permanecer sempre com o crachá de identificação, onde consta o número do leito de internação. Não poderá de maneira alguma ceder à outras pessoas. Somente no momento do revezamento o crachá será entregue na recepção de visitas para a pessoa que está revezando, o que será permitido somente 2 vezes ao dia (das 9 às 10h e das 20 às 21h). O crachá deverá ser devolvido na ocasião da saída do paciente.

7 – Após as 22h a mãe ou pai participante deverá permanecer no quarto ao lado do (a) filho (a).

8 – O horário de visita deverá ser respeitado, conforme informativo de visitas anexado ao cartão de visitas, entregue no ato da internação do paciente.

9 – A mãe ou pai participante terá direito ao café da manhã, almoço e jantar que será servido no refeitório do Hospital, nos seguintes horários: das 6h às 7:30h o café da manhã, das 11h às 12h o almoço, e das 18h às 19:30h o jantar. Não será permitido que o acompanhante coma no quarto, pois as crianças internadas geralmente têm dieta especial, não trazer nenhum alimento de casa.

Sugerimos que as mães revezem a saída no horário de alimentação.

10 – A mãe participante deve trazer somente uma sacola pequena com toalha de rosto, sabonete, escova e pasta de dente. Poderá tomar banho diariamente, guardar os seus pertences em um saco plástico e trocar por outro com roupa limpa durante o período de visita. Não será permitido que seja estendida a toalha e roupas intimas no banheiro ou quarto de internação.

11 – É proibido fumar em qualquer dependência do Hospital (Lei Estadual 13.541 de 07 de maio de 2009).

12 – O Hospital se reserva o direito de fiscalizar os volumes que entram e saem, a fim de preservar o Patrimônio Hospitalar.